Blog da Cuplover
Minha
moda
Colunista
da vez
Vestidos
fofos
Elas
vestem sonhos

7 curiosidades que você precisa saber sobre a Cuplover!

Ah, Cuplover, nossa querida Cup!

Quase 5 anos se passaram e são tantas histórias pra contar… Histórias sobre sonhos, paixão, superação, desafios, fé e coragem. Nosso bolinho é feito de milhares de histórias, e o principal ingrediente sempre será o amor. Hoje viemos compartilhar 7 curiosidades que você provavelmente não sabe sobre a Cup, mas vai amar saber. Quer ver só?

É isso mesmo, amigas. No comecinho de tudo, lá em 2012, nossa querida Cuplover chamava-se CUPCAKE e assim permaneceu até 2014 quando finalmente entrou no processo de registro junto ao órgão INPI, responsável por registros de marcas e patentes. Durante as considerações sobre o registro da marca, o uso da hashtag #eusoucuplover já se destacava entre as fãs (por amor à Cup elas se autodenominavam como cuplovers) e como uma forma de retribuir todo esse amor registramos para sempre no coração do nosso bolinho a essência da moça que veste nossos sonhos.

Em homenagem às nossas fãs, em Agosto de 2014, nasce a marca CUPLOVER.

A foto acima é um dos primeiros registros sobre a Cup, no pequeno atelier em Minas Gerais.

 

Não é atoa que até hoje somos apaixonadas por disseminar nossos sonhos exclusivamente através do mundo online. A primeira coleção da Cuplover já nasceu na internet e o lançamento foi através de um corujão online no Facebook. Naquela época, o alcance das fanpages ainda era ótimo. O lançamento contou com 30 modelos únicos e exclusivos, o corujão começou às 23h do dia 24/08/2012 e percorreu a madrugada. Ao amanhecer do dia 25, todas as peças haviam sido completamente esgotadas.

Até hoje essa data é respeitada durante os ciclos de coleções, sempre escolhemos a semana do dia 24 de Agosto para lançarmos nosso verão, é como um amuleto de boas energias para nós.

Este foi o primeiro banner criado pela marca, para divulgar um evento online de lançamento de coleção. Sim, é bem amador para os dias atuais :p mas para a época era superinovador com um toque vintage. A proposta clean, lúdica e nostálgica pela qual até hoje prezamos, já nascera ali.

 

A Cuplover nasceu dentro do coração de uma mocinha sonhadora chamada Genciani Gotardelo (27 anos) conhecida por todos como Ge. Nascida no estado de São Paulo, mas criada em Minas Gerais, sempre teve amor pela beleza das coisas simples da vida, mas a sua alma é cosmopolita e ama as luzinhas da cidade grande. Vinda de uma família simples, que sempre batalhou para cuidar bem uns dos outros, sempre foi incentivada pelos pais a correr atrás dos seus sonhos. Desde muito pequena amava desenhar, aos 12 anos já customizava suas próprias roupas e sempre foi apaixonada em se relacionar com pessoas. Desde sempre já sabia que seu grande sonho era ser estilista, ter uma marca de roupas, e levar inspiração à vida das pessoas através de suas criações. Para ela, a realização deste sonho seria como poder contribuir para um mundo melhor, para si e para os outros. Além de suprir o anseio de não passar pela vida sem viver intensamente e deixar um rastro de sua existência neste mundo. No início, sempre buscando pela melhor forma de realizar seus projetos com o menor custo possível, muitas vezes ela mesma foi para a frente das câmeras para servir de modelo. Hoje, Ge trabalha fortemente nos bastidores cuidando da Direção Criativa de todas as coleções, além de todo o direcionamento de branding que envolve a marca. A história da Cuplover, juntamente com sua fundadora, traz pontos cruciais e inspiradores, mas como este post não se trata de uma biografia, este é um assunto que poderemos acompanhar mais adiante. Enquanto isso, você pode acompanhar um pouquinho mais sobre a rotina empreendedora e sonhadora da Ge através do Instagram > @gegotardelo

Ge Gotardelo em um dos primeiros ensaios da Cuplover, em 2013.  Foto: Ricardo Freire.

 

Ensaio da coleção Winter Dreams – Inverno 2014. O primeiro editorial profissional da Cuplover.

 

Primeiramente, é válido falarmos um pouquinho sobre a diferença entre Fast Fashion e Slow Fashion.

Fast Fashion significa "moda rápida" baseada num padrão de produção e consumo onde as peças são fabricadas, consumidas e descartadas. O principal objetivo do fast é fabricar em alta escala para atender às necessidades da alta demanda da grande massa, que exige novos estilos a preços baixos. Essa modalidade esteve, e ainda está, bastante presente nas araras de grandes magazines, onde os consumidores apenas se preocupam em comprar roupa barata sem se importar com a sua origem ou destino. Durante esse caminho, houveram pequenas quebras de opinião e alguns escândalos envolvendo trabalho escravo nas oficinas de costura e poluição desenfreada ao meio ambiente, acontecimentos estratosféricos que fizeram o consumidor questionar a origem da roupa que o veste. Neste momento, a forma de vender moda começou a se fragmentar gradativamente, e assim nasceram os diversos nichos de segmento criados por marcas locais, que apoiam o consumo consciente de um produto atemporal com mais qualidade, e que conversa diretamente com a essência, a cultura, a filosofia, o estilo de vida e a visão de mundo de seus consumidores. Daí nasce o slow fashion.

Slow Fashion significa "moda lenta" baseada no consumo consciente de roupas com mais qualidade, durabilidade e com estilo atemporal, ou seja, fora de tudo que é considerado fashionista. O slow não é um conceito que vai e vem, é um movimento sustentável, uma alternativa à produção em massa que vem ganhando força e veio pra ficar. Assim como em relação à nossa alimentação, o slow incentiva que tenhamos mais consciência dos produtos que consumimos, retomando a conexão com a maneira em que eles são produzidos e valorizando produções locais. Incentiva um modo de pensar, agir e consumir com os clássicos “qualidade sobre quantidade” e “menos é mais” – além de resgatar o valor das roupas removendo a imagem da moda como algo descartável. Geralmente, marcas de Slow Fashion levam no seu DNA muitas das características e valores de seus próprios fundadores.

A Cuplover traz o slow como marca registrada desde sempre. As coleções contam com, no máximo, 45 peças que são lançadas gradativamente durante o ciclo da temporada. Você não precisa passar horas folheando 238 páginas e buscando por uma peça que te agrade, elas estarão bem ali, sem pressão, sem avalanches, e na quantidade ideal para que você possa escolher livremente aquelas que mais te agradam.

Essa imagem mostra uma visão panorâmica sobre o slow, e faz parte de um documentário sobre "A costura do invisível" de Jum Nakao, um dos desfiles mais memoráveis da história da moda. E foi a primeira imagem postada no feed da Cuplover, em 8 Junho de 2012.

 

Desde o seu lançamento no mundo web, o site da Cuplover passou por constantes mudanças até chegar o que é hoje. A primeira edição foi lançada em 2013 direcionada pelo endereço welovecupcake.com.br com uma identidade mais voltada ao retrô que na época funcionava com um grande laço entre a Cup e suas fãs, que já nutriam amor pelo resgate à nostalgia e à silhueta dos anos 60, até hoje presentes na marca. A última atualização, já sob o domínio cuplovershop.com.br foi em Maio de 2017, quando ganhamos um site novinho com um visual completamente lapidado, contemporâneo e clean, de acordo com o que sempre sonhamos.

A eterna Bonequinha de Luxo, Audrey Hepburn, serviu de inspiração para o primeiro layout do site welovecupcake.com.br (antigo endereço da Cuplover) feito com o máximo de domínio sobre as ferramentas que tínhamos na época.

 

O atual site: cuplovershop.com.br

 

O slow já nasceu impregnado no DNA da Cuplover antes mesmo de tomarmos conhecimento sobre o assunto. Quando alguns traços determinam a sua essência, algumas coisas acontecem naturalmente, elas fluem. As primeiras criações da Cup foram experimentos produzidos com o máximo de sua capacidade produtiva, mas sempre com o máximo de qualidade e atenção aos mínimos detalhes. Nascida no interior de Minas Gerais numa cidade com pouco mais de 20 mil habitantes, onde cerca de 50 meninas eram realmente as cliente ideais, a Cup se propunha a criar peças únicas e exclusivas, ou seja, só você teria aquela determinada peça, com aquele corte especial, com aquela cor ou estampa, e com a etiqueta original da Cup. E deu muito certo, por um certo tempo. Quando fomos, de fato, pra internet, nosso público aumentou e precisávamos atender à demanda. Mas, como aumentar a produção sem perder a qualidade? Hoje, com um processo de produção já consolidado e com uma capacidade produtiva dentro dos nossos domínios de qualidade, atendemos na escala Brasil com uma quantidade limitada de peças, ou seja, dadas às proporções, dificilmente você irá encontrar por ai uma menina que esteja usando um vestido Cuplover exatamente igualzinho ao seu. Todo este preciosismo que damos às nossas peças, juntamente somado com o cuidado, o zêlo e a exclusividade, transforma os vestidos Cuplover em verdadeiras relíquias, que são usadas por um tempo e depois as próprias fãs trocam, vendem e desapegam entre si através do nosso grupo secreto oficial no Facebook, onde as solicitantes precisam já desfrutar de um bom relacionamento com a Cup além de atender aos pré-requisitos das três perguntas-chave para conseguir o passaporte.

Essa forma de produção limitada, com qualidade, carinho e responsabilidade, explica o sucesso dos lançamentos que esgotam rapidamente na nossa store, muitas vezes nem chegando às lojas revendedoras. É parte da essência da marca manter os padrões de qualidade dentro de sua capacidade, mesmo que isso possa custar não conseguir sempre atender à todos. Raramente as peças esgotadas são repostas, por isso, se algum Cup tocar seu coração, melhor não esperar tanto para conquista-lo, pois você corre um alto risco de ficar sem. 🙂

 

 

Chega aquele momento no qual a gente precisa se desafiar e ir além, neste momento é preciso coragem e determinação pra enfrentar todos os desafios de ser gente grande, e manter o coração de sua eterna criança sempre ali, pulsando e bombeando amor, fé e sabedoria. A Cuplover cresceu, e foi quando decidimos colocar as mochilas nas costas e seguir rumo ao grande oceano do mundo. É mais ou menos como a história do filme Big Fish "Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas", sabe? Na época fizemos até um post especial contando todos os detalhes sobre a nossa mudança. Hoje a Cup é super paulista, cosmopolita, curiosa, está sempre ligada às mudanças contagiantes do universo, mas sabe manter dentro do coração a pureza de uma pequena criança sonhadora. É incrível pensar que nossos sonhos já viajaram mundo afora, para lugares como Califórnia, Austrália e Finlândia, isso é maravilhoso e estimulante!

Cada compra realizada no site oficial da Cuplover recebe um empacotamento fabuloso, feito com o máximo de amor e carinho. São empacotadas até hoje como se fossem únicas. Dispensamos a modalidade da linha de produção, porque gostamos de dar importância à cada compra realizada em nossa store. Não existe uma obrigação que se resume apenas cumprir o prazo e postar o pacote nos Correios, a gente deposita amor e positividade dentro de cada laço que criamos com nossas fãs para que elas se sintam maravilhosas e amadas ao receberem o nosso pacotinho de felicidade do dia. A expedição é regida pelo lema: "Este é um presente especial para uma amiga que acredita nos nossos sonhos".

 


 

Foi incrível compartilhar um pouquinho sobre estes 7 fatos sobre a Cup que você provavelmente não sabia ou apenas desconfiava mas não tinha absoluta certeza. rs *__*

E você, gostou de desbravar um pouquinho mais sobre esse universo de sonhos que vivemos e vestimos? Conta pra gente nos comentários! <3

 

 

Visite as tags , , , , e fique por dentro de tudo sobre estes assuntos!
O Blog da Cuplover VOLTOU!!! <3
Inspiração para ver e vestir com a coleção Vitrola de Cetim!
Toda despedida deixa saudades e amor no coração!

  • Responder
    Karina

    Adorei conhecer essas curiosidades sobre a Cup… Quando conheci a marca não sabia dessa questão do slow fashion e tal. No fim, fiquei sem meu Sonhos de Louisa
    Mas não como mais bola!! Tenho tds meus Cups amadinhos

    Eu nunca me preocupei mto com o que eu vestia, não tinha um estilo meu e era bem relaxada… Até conhecer a Cup. Eu me encontrei, me renovei e transformei minha auto estima… Tenho mto o que agradecer a td equipe da Cup, principalmente a Ge! ❤️

    Bjinhux!!